A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), deu início nesta segunda-feira (20/08), às obras da nova Avenida Beira-Mar (Regional II). A requalificação viária da avenida será dividida por trechos. Nesta primeira etapa, as intervenções terão duração de, aproximadamente, 120 dias, e acontecerão entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes, no Mucuripe. Na região, serão realizados os serviços de demolição do asfalto, drenagem, infraestrutura para internalização da fiação, além da construção de novas calçadas e do novo pavimento da via, que será substituído por piso intertravado.

Para viabilizar os serviços, a primeira faixa da via precisou ser interditada. Desta forma, apenas a segunda faixa da Av. Beira Mar estará livre para tráfego. Quando finalizados os serviços do lado esquerdo, as equipes avançam para o lado direito da via, invertendo assim a interdição da pista. A Seinf reitera que todas as interdições serão parciais e os acessos locais estarão garantidos em todas as etapas da obra. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) informa que não haverá desvio de tráfego na região, já que os condutores poderão continuar circulando pela via. Durante as obras, agentes da AMC darão suporte operacional à intervenção.

O projeto

As obras da nova Av. Beira Mar preveem uma série de melhorias urbanísticas e de mobilidade ao longo da via, bem como a construção de um novo calçadão em toda a extensão da orla, compreendida no trecho entre a Praia do Meireles e a Enseada do Mucuripe.

O pacote de obras de requalificação da Avenida Beira Mar será executado pela Secretaria Municipal da Infraestrutura, por meio da empresa Edcon Comércio e Construções LTDA, vencedora da licitação. As intervenções incluem a urbanização completa do trecho entre a Av. Rui Barbosa e a Rua Tereza Hinko, dando continuidade às obras de requalificação já realizadas desde o novo Mercado dos Peixes, no Mucuripe, até o calçadão na Estátua de Iracema, às margens do Riacho Maceió.

Com um total de 66.704,38 m² de área totalmente acessível, o projeto compreende a requalificação da avenida, a construção de um novo calçadão com três pavilhões multiusos, dotados de quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados, e a urbanização dos espigões das Avenidas Desembargador Moreira e Rui Barbosa.

A região passará a contar ainda com nova iluminação, com fiação embutida, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parque infantil, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, ciclovia, pista de cooper com 2,6 km de extensão, além de um posto da Casa do Turista e prédio administrativo.

As obras estão orçadas em aproximadamente R$ 40 milhões e vão contar com recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e devem durar cerca de 24 meses.

Feira de artesanato

A área onde acontece a feirinha de artesanato também passará por melhorias urbanísticas, como novo piso, nova iluminação e zoneamento com padronização dos boxes comerciais, garantindo uma maior organização e disposição dos produtos vendidos, naquele que é considerado hoje o maior mercado de artesanato a céu aberto da Capital.

Articulação com a população

A Secretaria Regional II tem estabelecido um diálogo permanente com a população da região, por meio de reuniões de articulação e a criação de canais de comunicação, a fim de se antecipar quanto ao início das obras, esclarecer dúvidas e prestar um suporte institucional. Durante os encontros, moradores e comerciantes recebem esclarecimentos técnicos sobre a execução do projeto de mobilidade e requalificação da orla da Avenida Beira Mar e o detalhamento das etapas das frentes de serviço. As reuniões também servem para acolher as demandas e sugestões da população, no sentido de facilitar o cotidiano de quem convive naquela área.

O resultado da obra trará um impacto positivo, aumentando a competitividade da economia local, proporcionando o fortalecimento e a geração de emprego e renda da Cidade. A previsão é que haja um aumento significativo no número de turistas, fortalecendo ainda mais o setor da indústria hoteleira. Atualmente, Fortaleza é um dos destinos turísticos mais procurados em todo o Brasil.

Categorias: Sem categoria

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support